CORONA VÍRUS: Empresário de Birigui crítica medidas municipais e estaduais cobrando diretrizes federais

Carlos Mestriner, dono da KLIN – Indústria de Calçados Infantis de Birigui, publicou em sua rede social neste sábado (21), um vídeo onde crítica medidas e decretos estaduais e municipais, que determinaram quarentena e suspensão gradual de serviços, frente a pandemia mundial do COVID-19.

IMG 20200322 140916 - CORONA VÍRUS: Empresário de Birigui crítica medidas municipais e estaduais cobrando diretrizes federais
Imagem: reprodução rede social

No vídeo, Mestriner cobra diretrizes do Governo Federal com relação ao coronavírus e economia.

A pandemia já matou quase 13 mil pessoas em todo mundo, só na Itália nas últimas 24hrs, morreram quase 800 pessoas vítimas do COVID-19.

Segundo o empresário, prefeitos e governadores estão baixando decretos, muitos necessários, outros nem tanto, e tomando decisões políticas isoladas, gerando indecisão e pânico.

Ainda segundo o empresário, algumas mídias estão criando pânico, distorcendo e tirando proveito político deste momento.

O empresário biriguiense resolveu publicaro vídeo após a Prefeitura de Birigui publicar decreto que dispõe sobre adoção de medidas temporárias e emergências para evitar o contágio do coronavírus, o COVID-19.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=807866293036475&id=100014393347831

Decreto municipal

Na quarta-feira (18) o primeiro decreto (6.586/2020) foi publicado no Diário Oficial de Birigui. Os decretos estão disponíveis no site da prefeitura (www.birigui.sp.gov.br).

No decreto 6.859/2020 seu artigo 7 trata sobre o setor calcadista em Birigui.

ART. 7º. As empresas industriais do ramo do gênero calçadista estabelecidas no território do município de Birigui/SP deverão suspender suas atividades produtivas durante o período compreendido entre 31 de março de 2020 até 13 de abril de 2020, podendo este prazo ser prorrogado conforme a evolução da pandemia COVID-19 (Novo CORONAVÍRUS).

“É hora de preservar vidas. Vamos isolar Birigui. O Terminal Rodoviário será fechado e nenhum ônibus irá circular na cidade de 23 de março até 05 de abril”, falou o prefeito Cristiano Salmeirão.

Curta e Compartilha

Comentários