De comentário “confuso” do secretário de obras a pedido de extorsão: assim começa o ano político em Birigui

Enfim chegou 2020, ano de muitas promessas e surpresas em Birigui. Todos sabem que este ano teremos eleições municipais e como de costume os bastidores nesta época chegam a beira de incêndios no sentido figurado da expressão.

E para começar este ano maravilhoso, o secretário municipal de Obras de Birigui, Saulo Giampietro, parece ter ficado “confuso” em uma postagem realizada pela página Quebrando o Tabu, no Facebook, na tarde de sexta-feira (10). O fato foi abordado e divulgado na coluna “pimenta”, do site Hojemais-Araçatuba.

O post em questão compartilhou uma matéria anunciando o nascimento do primeiro filho de Thammy Miranda e Andressa Ferreira. Na postagem, o secretário fez uma pergunta que, aparentemente, não foi bem interpretada pelos internautas, que chegaram a rebater sua mensagem. “O espermatozoide saiu de quem?”, perguntou Giampietro no seu comentário postado próximo das 14h.

Em seguida, internautas rebateram. Um deles disse: “Curioso ‘pq’? Vai pagar pensão????? Vai criar????”. O secretário ainda retrucou alguns dos comentários, inclusive, citando que não costuma sair com “esse tipo de mulher flex”. Print mostrando o comentário do secretário foi compartilhado em grupos de Birigui, arrancando algumas críticas dos usuários.

1578775387 48392 - De comentário "confuso" do secretário de obras a pedido de extorsão: assim começa o ano político em Birigui
Secretário de Obras de Birigui foi questionado por internautas após comentário “confuso” em rede social.
Imagem: reprodução.

Sessão extraordinária secreta

Porém o que chamou a atenção nesse começo de ano em Birigui, foi a convocação de sessão extraordinária na Câmara para aprovação de seis projetos de lei, entre eles, o polêmico projeto que prevê a ampliação do perímetro urbano da cidade, sem nenhuma divulgação prévia para a população ou para a imprensa. No Legislativo, a coluna apurou que a assessora está em férias. Provavelmente esqueceram de passar a atribuição para outro servidor ou não quiseram mesmo, visto que a imprensa não é bem-vinda na Casa. Do Executivo, as notícias com os feitos da administração continuaram sendo disparadas normalmente, mas nenhuma vírgula sobre a sessão extra.

Pedido de CP

Vale lembrar que o projeto em questão foi adiado por duas vezes, a pedido dos vereadores José Luis Buchalla (Patriota) e Carla Cristina Bianchi (PSD), ambos da base do prefeito Cristiano Salmeirão (PTB), o que gerou até pedido de constituição de uma CP (Comissão Processante) para apurar possível crime de improbidade administrativa. Nos bastidores falaram em tentativa de extorsão à empresa que quer construir dois condomínios fechado de casas populares no local. Como a Câmara está em recesso, o requerimento do Benedito Dafé Gonçalves Filho (PV) só deverá ser lido em fevereiro, na realização da primeira sessão ordinária deste ano. Como o prefeito tem maioria, dificilmente irá passar.

O ano de 2020 promete muitas emoções no cenário político biriguiense, o que deve aumentar os problemas cardíacos de muitas pessoas. Como diria Galvão Bueno: “haja coração”.

Com informações: Hojemais-Araçatuba.

Curta e Compartilha

Comentários