Prefeitura de Birigui investirá R$ 624 mil em obra para evitar perdas no sistema de distribuição de água

abreetinha - Prefeitura de Birigui investirá R$ 624 mil em obra para evitar perdas no sistema de distribuição de água
FOTO: ETA de Birigui/Prefeitura

A Prefeitura de Birigui visando melhorias no sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário do município, vem realizando diversos trabalhos em toda sua rede de saneamento.

Essas melhorias são feitas pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos, Água e Esgoto, responsável pela operação e manutenção dos sistemas.

Segundo o secretário adjunto de Água e Esgoto, Marco Albano, os sistemas de captação, tratamento e distribuição de água da cidade não possuem macromedidores e, desta forma, não é possível saber com exatidão o volume real de água captada e distribuída no sistema público de abastecimento de água para comparar com o volume realmente consumido pela população.

Para controlar as perdas no sistema, a administração irá investir R$ 624.907,94 na implantação do projeto de setorização e instalação de macromedidores no sistema de distribuição de água.

Do valor total, R$ 560.825,77 é uma conquista da gestão junto ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO), com contrapartida R$ 560.825,77 da Prefeitura de Birigui. O Fundo é vinculado a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente.

A primeira etapa do projeto de setorização vai abranger dois importantes setores centrais da cidade devido a sua localização: a ETA (Estação de Tratamento de Água e ruas paralelas) e o Reservatório Saudades (e ruas paralelas).

“A obra irá melhorar de imediato as ações de manutenção na rede de água e no controle das perdas no sistema, pois será possível fazer manutenções pontuais na rede sem a necessidade de desligar as bombas dos poços e da ETA”, explicou Albano.

Desta forma, a implantação da setorização terá também a finalidade de controlar as pressões na rede de abastecimento, evitando pressões altas que proporcionam maiores índices de vazamentos não visíveis, bem como evita também pressões baixas que contribui para que a água consiga abastecer todas as residências.

No geral, a implantação da setorização e instalação de macromedidores é parte de uma sequência de ações previstas no Plano Diretor de Combate ás Perdas de Água no Sistema de Abastecimento do Município de Birigui, que vai ser realizado no sentido de combater e controlar as perdas de água.

Com essas medidas, a Prefeitura de Birigui tem como meta a redução das perdas de água no sistema, além da otimização na utilização dos recursos hídricos.

A licitação para a obra já foi feita. A vencedora foi a empresa Enorsul Serviços em Saneamento, de Santo André. O início da obra deve ocorrer dentro de 30 dias.

A obra cumpre a Agenda 2030 da ONU, com os 17 Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A medida que visa combater o desperdício de água em Birigui cumpre o Objetivo 6, de “Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos”.

Fonte: Prefeitura

Curta e Compartilha

Comentários