Reforma para conclusão do Centro de Formação de Professores custará mais R$ 5,7 milhões

A Prefeitura de Birigui anunciou esta semana, que irá investir R$ 5,7 milhões para concluir a obra do Centro de Formação do Professor e Apoio ao Aluno, localizada nas ruas Anhanguera esquina com a Roberto Antunes, no Jardim Morumbi.

centroprof - Reforma para conclusão do Centro de Formação de Professores custará mais R$ 5,7 milhões
Conclusão de obra parada à 9 anos custará mais R$ 5,7 milhões aos cofres públicos. Valor já gasto ultrapassa R$ 4 milhões.

O anúncio foi feito quarta-feira (4), pelo o prefeito Cristiano Salmeirão. Segundo Salmeirão, nos próximos dias a administração pretende realizar o processo licitatório para a contratação de uma empresa que irá concluir a obra, abandonada por antigas gestões.

Segundo o secretário de Obras de Birigui, Saulo Giampietro, esse processo deverá ocorrer dentro de 30 dias.

Elefante Branco

A obra onde seria o Centro de Formação de Professores foi iniciada em abril de 2010, e já está paralisada há 6 anos.

A empresa responsável não teve condições financeiras de concluir o projeto, foi multada em mais de R$ 1 milhão e foi proibida de participar de qualquer tipo de licitação por um período de dois anos, em todo país.

O prédio cosumiu um alto valor de investimento, pouco mais de R$ 4 milhões e até agora, era um grande impace para administração municipal.

No passado, a Prefeitura de Birigui recebeu recurso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para construir o Centro em Birigui. O prédio deverá alocar setores e atividades que atuam na Educação.

“Não podemos deixar deteriorar essa grande obra. Temos que investir neste prédio, que trará vários benefícios para os moradores de Birigui”, comentou o prefeito.

O secretário municipal de Obras disse que a obra do Centro de Formação do Professor foi paralisada em 35% de sua construção. A área total é de 6.755 metros quadrados. A área construída é de 4.605 metros quadrados.

Planejamento

O chefe do Executivo solicitou financiamento para investir R$ 20 milhões para concluir três obras abandonadas e realizar a construção de duas pontes no bairro Cidade Jardim.

Após aprovação da Câmara de Birigui, a Caixa Econômica Federal (CEF) aprovou a liberação da verba.

Obras à serem concluídas

Além do Centro do Professor, também serão concluídas as obras do Centro de Convenções e Eventos, no Alto do Silvares, e a construção de uma nova Cozinha Piloto, no Jandaia, no prédio onde antigamente seria uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Com a inauguração do Pronto-Socorro no Silvares, nos fundos da Santa Casa, e com a construção de uma UBS no Jandaia, não haveria necessidade da construção da UPA.

Visando melhorar o local para a produção das 16 mil refeições/dia para alunos da rede municipal de ensino, a administração irá investir em uma moderna Cozinha Piloto.

Já no bairro Cidade Jardim, a proposta é aumentar a segurança no trânsito e, consequentemente, dos pedestres, melhorando a mobilidade urbana do município.

A meta é construir duas pontes nos trechos que “cortam” o córrego Biriguizinho. Orçamentos para estas construções estão sendo feitos pela Secretaria Municipal de Obras.

Curta e Compartilha

Comentários