TOR apreende carga de entorpecente em transportadora de Birigui

Mais de quatro mil tabletes de maconha foram apreendidos pelo TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) da Polícia Militar Rodoviária de Araçatuba (SP), em um caminhão que estava no pátio de uma transportadora na área urbana de Birigui.

1556282871 23163 - TOR apreende carga de entorpecente em transportadora de Birigui
Carga apreendida em transportadora de Birigui
Foto: Lázaro Jr.

A ação aconteceu na madrugada desta sexta-feira (26) e três pessoas foram presas em flagrante. Um dos acusados seria filho do proprietário da empresa e alegou que trabalha no local.

Segundo informações do site Hoje mais – Araçatuba, o grupo admitiu a posse do entorpecente, que seria levado para São Paulo, de acordo com eles.

Os policiais militares rodoviários informaram que foram até a transportadora, que fica na Vila Pontes, após denúncia de que um caminhão carregado com maconha, que teria saído do Paraguai com destino a São Paulo, faria uma parada estratégica em Birigui, para a carga ser transferida para outro veículo.

Durante vistoria no pátio da empresa, os policiais encontraram o caminhão com as características informadas. Dentro da carroceria, do tipo baú, havia seis grandes caixas de papelão, todas carregadas com tabletes de maconha. A contagem extraoficial apontou4.392 tijolos .

FB IMG 1556356030942 - TOR apreende carga de entorpecente em transportadora de Birigui
Carga apreendida em caminhão de transportadora
Foto: Divulgação

A estimativa é de que a carga pese entre 3,5 mil e 4 mil quilos do entorpecente.

Internacional

Os três presos são de Birigui e alegaram ter buscado a mercadoria em Ponta Porã (MS). Entretanto, as caixas que acondicionavam os tabletes de maconha possuem etiquetas do Paraguai.

Além disso, os policiais disseram que foram encontrados outros indícios de que a maconha realmente foi trazida do país vizinho.

Por isso, os acusados, o caminhão e o entorpecente foram apresentados na Delegacia da Polícia Federal, em Araçatuba, que irá instaurar inquérito e investigar possível envolvimento da empresa com o crime de tráfico de drogas

Curta e Compartilha

Comentários